Congresso Exposucata

Olá Pessoal...

 

Aqui a baixo segue a programação do Maior Congresso do Setor de Reciclagem do Brasil, a Exposucata.

Confira a programação do congresso que terá a minha participação como palestrante sobre o mercado de reciclagem de equipamentos eletroeletrônicos.

Mais informações em: www.exposucata.com.br

Confira!!!

 

Programa Congresso EXPOSUCATA

Palestras ExpoSucata

DIA 11 – TERÇA-FEIRA – Sala 1 – 09:50 – 11:20
A Nova Realidade da Indústria Chinesa e da Reciclagem
Desde a crise econômica global em 2008 o mercado chinês passou por significantes e fundamentais transformações. Matérias primas importadas – virgens ou recicladas – continuam a ter um importante papel na produção industrial da China, mas a redução das importações dos recicláveis vindos da União Europeia e Estados Unidos e o aumento do custo da mão de obra na China promovem mudanças no mercado de recicláveis de uma forma nunca antes vista na Ásia. Enquanto isso, uma classe media Chinesa em crescimento começou a gerar volumes significantes de recicláveis que forçam as tradicionais empresas de reciclagem locais a se mudarem para longe do litoral, para regiões mais pobres e muito menos desenvolvidas. A apresentação do Sr. Minter explorará as mudanças geográficas e técnicas que estão redefinindo a reciclagem na China e, desta forma, também diversos mercados industriais em todo o mundo pela próxima década.
*Palestra com tradução simultânea

Palestrante: 
AdamAdam Minter é jornalista especializado no mercado de reciclagem e vive há 8 anos em Shangai – China. Nos últimos 3 anos visitou centenas de empresas de reciclagem em mais de 20 países e possui um conhecimento sobre operações e mercados como poucos no mundo.

DIA 12 – QUARTA-FEIRA – Sala 1 – 08:00 – 09:40
As Perspectivas dos Consumidores Brasileiros de Aço
Incertezas econômicas globais aliadas à importação dos mais diferentes insumos – de matérias primas a produtos semi-acabados e acabados – geram impacto direto na economia Brasileira. Como os principais setores consumidores de metais ferrosos (e também geradores de sucatas desses materiais), como o de máquinas e equipamentos, construção civil e automóveis, devem encerrar 2012? As medidas que o governo brasileiro toma para estimular a economia local poderão ter impacto ainda em 2012, ou apenas nos próximos anos?

DIA 12 – QUARTA-FEIRA – Sala 1 – 09:50 – 11:20
De Olho no Cobre
Considerado como um dos metais de melhor rentabilidade e demanda, o cobre apresentou um mercado em 2012 que surpreendeu até os mais experientes empresários do mercado nacional. Se por um lado houve até uma certa estabilização nas cotações internacionais do metal, por outro, o mercado interno mostrou recuo na demanda, fato que pressionou os preços do cobre para baixo. Como o mercado de cobre deve se comportar com o Brasil dos próximos meses na visão de transformadores e comerciantes?
Participantes:
Luis Fernando de Sousa – gerente de matéria-prima do Grupo Paranapanema
Fábio Garcia – diretor comercial da SMF Cabos
Leandro Azevedo – sócio-proprietário da TR Brasil

DIA 12 – QUARTA-FEIRA – Sala 1 – 11:30 – 13:00
Eletricidade em Estado Sólido: Os Possíveis Impactos da Redução do Preço da Energia Elétrica no Brasil no Mercado de Reciclagem de Alumínio
Embora seja dono da terceira maior reserva de bauxita do mundo, o Brasil viu seu setor de alumínio sofrer nos últimos anos com os altos preços da energia elétrica – responsável por 40% dos custos da produção – e com o aumento da importação de produtos acabados e semi-acabados feitos deste metal. Com sinais de que o Governo Federal agirá para reduzir o custo da energia elétrica e com dólar que, aparentemente, não deixará a faixa dos R$ 2,00 – entre outros fatores – , quais são os impactos esperados nos mercados de alumínio primário e secundário (reciclado) para próximos meses?

DIA 12 – QUARTA-FEIRA – Sala 2 – 11:30 – 13:00
O Setor Empresarial e a Importância dos Recicladores e Gerentes de Resíduos na Minimização de Seus Riscos
Num momento onde as empresas – em especial as indústrias com seus complexos processos produtivos – são colocadas sob holofotes para que melhor gerenciem o ciclo de vida de seus produtos, diversas questões vêm à tona: o que é a tal responsabilidade compartilhada e quais as obrigações que ela traz? Quais as suas implicações jurídicas nas esferas administrativa, civil e criminal? Como as empresas profissionais de reciclagem e gerenciamento de resíduos podem auxiliar o setor empresarial na administração de riscos que, caso não controlados, podem ocasionar além de multas de até R$ 50.000.000 e detenção, diversas outras sanções penais? Fabricio Dorado Soler entrará nos detalhes da Política Nacional de Resíduos Sólidos que muitas empresas desconhecem e, mais do que nunca, precisam passar a prestar atenção.
Palestrante: 
SolerFabricio Dorado Soler é sócio responsável pelo Departamento de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Felsberg e Associados, mestrando em Direito Ambiental pela PUC/SP, especialista em Gestão Ambiental pela USP, pós-graduado em Gestão e Negócios do Setor Energético pela USP e MBA Executivo em Infraestrutura pela FGV, consultor do Banco Mundial em questões envolvendo resíduos sólidos no Brasil e Presidente da Comissão de Direito da Energia da OAB/SP.

DIA 13 – QUINTA-FEIRA – Sala 1 – 08:00 – 09:40
A Economia Global, Câmbio e os Preços das Commodities
Com incertezas na economia global, os preços das commodities passam por um momento de alta volatilidade. Jason Schenker – economista diversas vezes eleito mundialmente como o mais apurado previsor do preço de diversas commodities – vem ao Brasil especialmente para este evento apresentar as suas perspectivas sobre a economia global, Americana e Brasileira. Falará em profundidade sobre suas previsões sobre taxas de câmbio, preços de energia e metais e diversos outros importantes fatores financeiros e econômicos que determinam a rentabilidade de diversos setores industriais. Também abordará suas expectativas para as eleições Norte Americanas que se aproximam, o futuro do Euro e, por fim, entrará em detalhes sobre as principais forças que hoje atuam sobre o mercado de metais – primários e secundários (reciclados) –, incluindo estoques, produção e como a dinâmica dos mercados financeiros afetam os preços destas commodities.
*Palestra com tradução simultânea
Palestrante:
JasonJason Schenker é comentarista e co-apresentador do canal de televisão Bloomberg News nos Estados Unidos. Há 3 anos consecutivos é considerado um dos mais apurados precificadores de metais industriais e preciosos, petróleo e gás natural no mundo. Também é colaborador assíduo do The Wall Street Journal e frequentemente participa de reuniões fechadas da OPEP – Organização dos Países Exportadores de Petróleo e do Fórum Internacional de Energia (IEF), além de palestrar para grupos industriais, Bancos Centrais e para diversos outros membros de Governo. Possui profundo conhecimento do mercado de reciclagem, em especial de sucata ferrosa.

DIA 13 – QUINTA-FEIRA – Sala 1 – 09:50 – 11:20
Sucata Não é Lixo (especialmente na reciclagem de eletrônicos)
Embora seja um dos mais novos mercados da reciclagem, o setor de reciclagem de sucatas eletrônicas desperta interesse por conta da complexidade do trabalho, da toxidade do material e do grande valor de mercado de algumas matérias primas que as compõem. O Brasil, entretanto, ainda caminha para conhecer melhor como, de fato, pode aproveitar o que está presente em aparelhos de televisão, celulares ou computadores fora de uso, por exemplo. Qual o modelo de negócio de reciclagem de sucatas eletrônicas que hoje existe no Brasil e como deve evoluir este setor? Como o Brasil pode valorizar melhor o que hoje é exportado para ser beneficiado em outros países e quais iniciativas estão em curso no país para que isto ocorra?
Palestrante:
Marcus William M. de Oliveira, Diretor de Sustentabilidade da ABERE, Biomédico, Mestre em Toxicologia pela Universidade de São Paulo. Trabalhou como pesquisador por 03 anos no Departamento de Bioquímica da Universidade de Dublin – Trinity College (Irlanda). Atualmente é diretor nas empresas Reciclo Metais e Reciclo Ambiental que atua na área de gestão de resíduos eletroeletrônicos. MBA em Gestão de Sustentabilidade (FGV/SP); Têm experiência nacional e internacional no setor.



DIA 13 – QUINTA-FEIRA – Sala 2  - 09:50 – 11:20
Madeira: do Custo ao Lucro – As Oportunidades de Negócios para Recicladores no Mercado de Madeira e Biomassa
Importante fonte de energia para os mais diversos setores – como o químico, alimentício, de celulose e papel ou de lavanderia industrial –, o mercado de biomassa pode tanto representar altos custos com logística e aterro para quem gera quanto uma boa oportunidade de lucro para as empresas de reciclagem. Embora possam ter contaminantes que coloquem em risco qualquer oportunidade de recuperação energética, a madeira ainda assim fornece oportunidades de receita e lucros. Conheça quais e onde estão estas oportunidades de negócios no mercado de reciclagem de madeira e como preparar a sua empresa para atender à demanda dos seus novos consumidores.
Palestrante: Vinicius Casselli possui mais de 10 anos de experiência no mercado florestal e atualmente é consultor para a implementação de projetos de processamento de resíduos para geração de energia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Criada a Entidade Gestora da Logística Reversa de Eletrônicos da ABINEE

São Paulo inicia a implementação do Projeto Piloto em Logística Reversa

PROJETO PILOTO DE COLETA DE RESÍDUOS ELETRÔNICOS - JICA