A China será verde?

Mesmo sem assumir compromissos internacionais para reduzir suas emissões, a China se prepara como nenhum outro país para a economia de baixo carbono

Ana Luiza Herzog, de EXAME
Publicar postagem

Wikimedia Commons

Combate às emissões

Algumas das medidas adotadas pelo governo chinês para adaptar o país à economia de baixo carbono.

> A China é hoje quem mais instala turbinas eólicas no mundo. Tem 10% da capacidade mundial, atrás apenas de Estados Unidos, Alemanha e Espanha

->Para incentivar o uso da energia solar a China já é o maior fabricante mundial de painéis fotovoltaicos -, o governo vai subsidiar até 70% do custo da instalação dessa tecnologia em todo o país

->Desde 2008 as termelétricas construídas usam tecnologia de ponta e estão entre as mais limpas do mundo. Milhares de pequenas termelétricas obsoletas estão sendo demolidas

->Para incentivar o uso de eletrodomésticos que consomem menos energia, o governo está concedendo subsídios. O programa deve gerar até 75 bilhões de dólares em vendas

->O governo aumentou as taxas sobre veículos com motores beberrões e criou incentivos para impulsionar a venda de carros que emitem menos: elétricos, movidos a gás ou de motor 1.0

Fontes: WRI e AccountAbility


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As maneiras doidas para “garimpar” metais preciosos de aparelhos velhos no futuro

Criada a Entidade Gestora da Logística Reversa de Eletrônicos da ABINEE

PROJETO PILOTO DE COLETA DE RESÍDUOS ELETRÔNICOS - JICA